RÉPLICA A HELENA

               
  
         A Helena
         “Sem ser de Tróia”
 
Não sei a quem dedicas o poema
Tão cheio de erotismo e singeleza,
Bem forte de palavras com beleza,
Que descreve com garra o velho tema.
 
Há nele qualquer coisa de fatal
Que a todo o homem pode transtornar
Pois, mesmo que não queira, tem que dar
Perante tal mensagem o seu aval.
 
Helena, poeta Helena, é armadilha
Esta tua postura sem caução?
Se tal for como se há-de resistir?
 
Ressalvo em ti o belo e a maravilha,
Doutro modo não tenho coração
E um eros disponível p´ ra curtir!
 
Frassino Machado
In AO CORRER DA PENA

 www.frassinomachado.net

www.opcaopoetica.blogspot.com

https://machadofrassino.wordpress.com

http://facebook.com/atelierpoetico.frassino

https://facebook.com/pages/tertulia-poetica-ao-encontro-de-bocage/129017903900018

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: