CULTURA MERCANTIL

     
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Soa por todo o lado a tromba do rebate
E na larga avenida passam pregoeiros
Que sugam os tostões aos cegos caminheiros
Morrendo desta sorte toda a ingénua arte.
 
E não há por aí quem regule ou descarte
A exploração e o triste vício dos vezeiros
Que conspurcam incautos átrios e terreiros
Sacando da riqueza alheia a melhor parte.
 
Não tratem de invocar a Tróica sempre em vão
Que os cidadãos já não partilham ilusão
Muito menos se deixam ir e enrolar.
 
Também Judas comprou os dividendos seus
Com trinta moedas aos sovinas fariseus
Culminando a traição fazendo-se enforcar!
 
 
Frassino Machado
In MUSA VIAJANTE

N. B.  Ver também, por favor, os Sites:

http://facebook.com/atelierpoetico.frassino

www.frassinomachado.net

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: